“ (...) a associação sindical constituída pelos trabalhadores nele filiados, que exercem a sua actividade profissional exclusivamente correlacionada com o sector da aviação civil,
aeródromos, aeroportos e navegação aérea”. “ (...) exerce a sua actividade em todo o território nacional”.
dos Estatutos do SITAVA

SITAVA

Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos

 

1 2 345678

image

image

image

image

image

image

image

image

<< >> Play > Stop

Não ao Retrocesso Social

Boletim Igualdade

Indústria em Portugal

Assembleia Geral Eleitoral - 20 Abril 2017 - Resultados Provisórios

Foram apurados os seguintes resultados da votação:

O processo eleitoral só é encerrado após o recebimento das actas de todas as mesas de voto.

Faltam ainda escrutinar os votos por correspondência e os votos por envelope.

 
TAP - Atualização salarial 2017

Como é do conhecimento de todos os trabalhadores, o SITAVA entregou à TAP, no dia 19 do passado mês de dezembro, uma proposta de revisão salarial para o corrente ano, para produzir efeitos a partir do dia 1 de janeiro. Como é também do conhecimento geral, mandam as leis da República, no caso pelo Art. 487o do Código do Trabalho, que a entidade patronal tem 30 dias para dar resposta à iniciativa do sindicato.

Chegados que estamos ao início da primavera e, da parte do Conselho de Administração, os trabalhadores da TAP apenas têm escutado um ensurdecedor silêncio sobre esta matéria. A primeira pergunta, à qual os trabalhadores exigem de imediato uma resposta, é a seguinte:

Ler mais…

 
Eleições para os Órgãos Sociais do SITAVA

Vão realizar-se, no dia 20 de abril, as eleições para os corpos gerentes do SITAVA, para o quadriénio de 2017 – 2021.

Veja neste link os locais onde pode votar, bem como os horários de funcionamento das mesas de voto.

Pode também consultar aqui toda a informação sobre a composição da lista concorrente assim como o seu programa eleitoral.

 
SPdH - Eleições SST — 29 junho

De acordo com a cláusula 58a do A.E. compete à empresa, às direcções de qualidade e recursos humanos em particular, assegurar a coordenação da Comissão de Segurança e Saúde no Trabalho (CSST). No entanto, estas direcções têm-se limitado a operações de cosmética para as quais não se dignam sequer a informar ou a convidar os representantes dos trabalhadores, membros de direito dessa mesma comissão.

Quanto ao funcionamento dessa comissão, a ilegalidade é a palavra que melhor o pode descrever. Após mais de 3 anos sem reunir, celebrou-se uma reunião a 27 de Novembro de 2014 com a presença de representantes dos trabalhadores, do Director da Qualidade e do Director de Recursos Humanos que apresentaram nessa data um plano ambicioso para a direcção da CSST: reuniões periódicas, visitas às escalas, colaborações, formações, intervenções e tudo o mais que se lembraram.

Ler mais…

 
Handling - Ponto 4 do Acordo “SITAVA — Governo" concretizado

Conforme amplamente denunciámos ao longo dos últimos anos, uma das razões para que as condições dos trabalhadores se tenham degradado acentuadamente nos últimos anos, prende-se com uma interpretação sui-generis da ANAC da alínea g), n.o 1, artigo 6o do Dec. Lei n.o 275/99, bem como da alínea d), n.o 2, do mesmo artigo e diploma.

As referidas alíneas determinam, seja para assistência a terceiros, ou auto-assistência, que um dos requisitos cumulativos para a obtenção de licença é: “Aplicar os instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho que regulam, exclusiva ou conjuntamente com outras actividades, qualquer das actividades de assistência em escala em causa, na área geográfica em que se desenvolvem;”

Ler mais…

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Página 9 de 67

Instante Sindical

Novos Seguros

Segurança e Saúde no Trabalho

Sítio dos Direitos

Guia de Direitos